Aconteceu uma fratura. E agora?





http://www.sphandcenter.com/website/images/saude-das-maos/fratura-escafoide-ossos-carpo.jpg

A primeira providência de uma fratura é imobilizar o membro lesionado na posição em que ele está até que o diagnóstico final seja feito no hospital. Colocar uma tala, por exemplo, ajuda também a reduzir a dor, o inchaço e evitar que o machucado desenvolva para algo mais grave. Os primeiros socorros são importantíssimos para uma boa recuperação.

Se o paciente não conseguir se levantar depois de cair, o ideal é não movimentá-lo. Se ele estiver no meio da rua, por exemplo, é importante pedir para alguém colocar algum obstáculo para evitar que os carros continuem passando. NUNCA se deve tentar colocar o osso na posição correta ou tentar movimentar o membro lesionado – nesse caso, é preciso primeiro ir imediatamente ao hospital. Nao é qualquer pessoa que sabe se é caso para alguma cirurgia ou não.

A idade da pessoa também influencia na recuperação do osso. Crianças têm maior facilidade de refazer as estruturas por causa dos ossos elásticos e porosos e também porque estão em fase de crescimento, quando a capacidade do corpo de desenvolver é maior do que a do adulto. Já os idosos demoram mais para se recuperar porque, com o passar do tempo, a formação das células ósseas diminui.

No caso das crianças, como a recuperação é rápida, não há a necessidade de uma imobilização mais intensa ou demorada. Porém, é importante que o osso ganhe uma resistência maior para evitar que um novo trauma frature o mesmo lugar – por isso, a imobilização e a medicação ajudam, principalmente no controle da dor para deixá-la mais confortável.

Agir com cuidado e responsabilidade é fundamental para uma boa recuperação da pessoa que sofreu a queda/fratura.
Aconteceu uma fratura. E agora? Aconteceu uma fratura. E agora? Editado por saude.chakalat.net on 03:46 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.