Cirurgia em fratura de mão





http://www.medplan.com.br/site/imagens/geral/img_20080425_160921.jpg

A mão é feita de vários ossos que formam uma estrutura de sustentação. Esse arcabouço ósseo funciona como ponto de fixação para músculos que fazem o punho e os dedos se moverem. Uma fratura acontece quando determinada força aplicada ao osso é capaz de quebra-lo. Quando isso ocorre, há dor, edema (inchaço) e limitação da mobilidade da parte lesada.

As fraturas podem ser simples com os “pedaços” dos ossos alinhados e estáveis. Outras fraturas são instáveis e os fragmentos ósseos tendem a desviar e “perder” a posição original. Algumas fraturas acometem a diáfise(corpo principal do osso) e outras a superfície da articulação. Fraturas cominutivas (multifragmentadas) são ocasionadas por forças de alta energia e são freqüentemente instáveis. A fratura é chamada de exposta quando há “contato” entre os fragmentos da fratura e o meio exterior(lesão na pele ou no leito ungueal). Nesses casos há risco de infecção.

Alinhamento perfeito do osso no raio-x não é sempre necessário para uma boa função da mão. Um aumento de volume ósseo no sítio da fratura pode aparecer e é conhecido como “calo ósseo”. Isso faz parte do processo normal de cura e geralmente fica menor com o tempo. Complicações do tratamento incluem rigidez, perda da redução, infecção, retardo de consolidação ou ainda, não consolidação(pseudartrose).

Fraturas nas crianças podem afetar a placa de crescimento do osso. Você pode diminuir as chances de complicações seguindo atentamente as orientações do seu Cirurgião da Mão durante o período de tratamento, antes de retornar ao trabalho ou às atividades esportivas.

Um programa de Terapia da Mão com órteses e exercícios pode ser recomendado pelo seu médico para acelerar e melhorar o processo de recuperação.
Cirurgia em fratura de mão Cirurgia em fratura de mão Editado por saude.chakalat.net on 04:14 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.