Fraturas das falanges dos metacarpos










São fraturas muito comuns, que acontecem principalmente na idade produtiva e estão ligadas com acidentes no trabalho na sua maioria dos casos. A maioria das fraturas são estáveis e podem ser tratadas por meio de uso de talas metálicas.

A gravidade das fraturas das falanges depende, sobretudo, do número de fragmentos envolvidos, como também do desvio entre esses fragmentos, do comprometimento articular e outros fatores. Esses fatores também definem qual será o tratamento a ser instituído, que pode ser conservador ou cirúrgico. No caso de cirurgia, definirá qual será o método mais adequado de redução e de fixação.

A maioria das fraturas de falanges é tratada com método conservador e consiste na imobilização, em média, por quatro semanas e seguida de terapia apropriada. Nas fraturas com maior desvio, múltiplos fragmentos e fragmentos articulares, nas quais a redução fechada (sem cirurgia) não foi possível ou a imobilização não é capaz de manter a posição dos fragmentos (fraturas instáveis), o tratamento cirúrgico é indicado e pode ser caracterizado pela redução incruenta e fixação percutânea com pinos metálicos (sem cortes) ou redução aberta e osteossíntese interna com micro placas e parafusos de titânio. O desenvolvimento recente de implantes de maior tecnologia com menos espessura e desenhos mais anatômicos, vem aumentando as indicações do uso dessa técnica. Ela permite a mobilização imediata do dedo,com baixo risco de complicações relacionadas aos implantes e, consequentemente, poucas chances da necessidade de remoção futura dos implantes.

Leia também:
Indicamos o tratamento cirúrgico nos seguintes casos- falha na redução da fratura, fraturas intra-articulares e instáveis, associação a lesões extensas de partes moles, fraturas expostas ou com grande perda óssea, fraturas associadas à politrauma ou fraturas epifisiárias em crianças tipo Salter-Harris III e IV.

Devemos atentar para a importância de evitarmos a permanência principalmente de desvios rotacionais e angulares.


Publicado em 21/02/09 e revisado em 23/08/17
Fraturas das falanges dos metacarpos Fraturas das falanges dos metacarpos Editado por Dani Souto on 13:31 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.